Vistos / Formalidades de entrada em França

Visas / Formalidades de entrada em França

ATENÇÃO

Todas as pessoas, entenda-se estrangeiros, que desejem ir a França devem estar capacitados para apresentarem, na fronteira, os justificativos regulamentares relativos ao objectivo da estadia, aos meios de subsistência e às condições de alojamento. Em certos casos, é necessário um visto. Ele deve ser solicitado antes da partida junto dos serviços consulares franceses.

Todos os estrangeiros, submetidos ou não a um visto de curta duração, que desejarem ingressar em França, devem obrigatoriamente estar munidos de um seguro de saúde e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 euros e que cubra todo o território “Schengen” (França, Alemanha, Grécia, Espanha, Itália, Áustria, Portugal, Finlândia, Suécia, Noruega, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Islândia e Luxemburgo).

Todos os estrangeiros, submetidos ou não a um visto de curta duração, que desejarem ingressar em França para uma visita particular, familiar ou turística, devem estar na posse de uma reserva de hotel ou um atestado de acolhimento.

O atestado de acolhimento é solicitado pela pessoa que ira hospedar o estrangeiro à prefeitura do seu domicilio. O original desse atestado devera ser assinado pelo prefeito que o concedeu e visado pelo serviço de vistos do Consulado Geral para aqueles que precisam de visto. São dispensados de apresentar um atestado de acolhimento:

- os estrangeiros que desejarem efectuar em França uma estada de caracter humanitário ou cultural;

- os estrangeiros que se dirijam a França no contexto de uma emergência medica;

- os estrangeiros que se dirijam a França para os funerais de uma pessoa próxima,

- os familiares dos Franceses (cônjuge, filhos);

- os familiares de cidadãos da Comunidade Europeia.
Conforme à decisão do Conselho de 20 de Dezembro de 2001 (publicada no JO de 23/1/2002), o governo francês decidiu aplicar a contar a partir do dia 1 de Janeiro de 2003, um procedimento de percepção de despesas do processo na altura da entrega do pedido de visto. Só após o pagamento das referidas despesas é que o pedido passa a ser examinado. O montante a pagar corresponde à tarifa do tipo de visto que é solicitado. Caso a instrução do processo conduza à entrega de um visto cujo custo for inferior às despesas pagas pelo referido processo, nenhum reembolso será efectuado.

Após o final de 2007, a França implementou a modalidade dos vistos biometricos. Na altura da entrega dos pedidos, as pessoas que solicitam os vistos devem apresentar-se pessoalmente afim de que os serviços do consulado as possam fotografar e recolher as respectivas impressões digitais. Esta medida aplica-se igualmente aos titulares de passaportes de serviço e de passaportes diplomáticos, assim como a todos as crianças com mais de seis anos.

Formulário de pedido de visto de curta duração

Formulário de pedido de visto de longa duração

A não atribuição de um visto não está sujeita a nenhum tipo de reembolso relativo às despesas pagas no acto da entrega do processo.

TARIFA DE INSTRUÇÃO PARA PEDIDOS DE VISTO 01/01/08

- Pago em dólares norte americanos à taxa actual do dia : 60€
- Visto de transito aeroportuário : 60€
- Visto de transito : 60€
- Visto de curta duração (até 30 dias) : 60€
- Visto de curta duração (31 a 90 dias) uma entrada : 60€
- Visto de curta duração (31 a 90 dias) varias entradas : 60€
- Visto de longa duração (mais de 90 dias) : 90€

Existem outras tarifas para certas categorias particulares, assim como para os vistos com destino a Territórios além mar da República Francesa.

Embaixada de França em Angola
Rua Reverendo Pedro Agostinho Neto
Luanda
Tel.: + 244 222 33 43 35
Fax: + 244 222 39 19 49

Impressão do formulário de pedido de visto e da lista de documentos a produzir

Word - 66.5 kb
site Internet_LISTA DE DOCUMENTOS VISTO SCHENGEN
documentos solicitados

PDF - 67.6 kb
Formulario (em português) - PDF
PDF - 386.7 kb
Formulario (em francês) - PDF
Word - 95.5 kb
Formulario (em francês) - Word

Tarifas para documentos de pedido de visto

visto de transito 60 €
visto de breve permanencia 60 €
visto de longo permanencia 90 €

Atualização : 08/10/2014

Princípio da página