Programa de bolsas França-Angola 2012

Quarenta novas bolsas em co-financiamento serão implementadas em 2012. No dia 27 de fevereiro 2012, o Embaixador de França Sua Ex.a Sr. Philippe Garnier e o Director geral do Instituto de bolsas de Estudos de Angola (INABE), Sr. Jesus Baptista, deram início na presença dos candidatos seleccionados ao termo das provas escritas, do segundo programa de bolsas França-Angola.

Essas bolsas co-financiadas pela França e Angola no âmbito de uma convenção, permitiram o ano passado a dezassete jovens angolanos, de prosseguirem os seus estudos na prestigiosa rede dos IUT franceses. Em 2012, ao termo de uma formação linguística de três meses, que será assegurada pelo SCAC e a rede das Alianças francesas em Angola, cerca de quarenta jovens poderão por seu turno integrar os IUT em França, no início do ano lectivo 2012. A selecção dessas jovens raparigas e rapazes durará uma semana, durante a qual cada candidato será entrevistado pelos directores dos IUT de Alençon e de Avignon, Sr. Ayachi e a Sr.a Gonzalez, que se deslocaram especialmente à Luanda para este efeito.
No seu discurso, o Embaixador de França insistiu na importância que reveste este programa de bolsas, pois permitira a jovens Angolanos de prosseguir estudos de qualidade em França e prepará-los aos ofícios de técnicos superiores que são actualmente muito solicitados em Angola. Ademais, ele relembrou que este programa de bolsas co-financiado representava somente uma parte das acções de cooperação no sector do ensino superior. Com efeito, a França intervêm igualmente na estruturação do ensino superior tecnológico em Angola com a definição de novos cursos, a formação de formadores e a aquisição de materiais, designadamente no domínio da agroalimentar.

Director geral - JPEG

Philippe GARNIER, Embaixador de França - JPEG

Atualização : 05/03/2012

Princípio da página